Av. Nossa Srª dos Navegantes, Edifício Palácio do Café, 675, Sala 701, Enseada do Suá, Vitória - ES, CEP 29.050-912

Central de Atendimento

(27) 3100-2019 | 27 3014-8008
(27) 9 9933-7517 (somente ligação)
(27) 9 9698-9329 (somente WhatsApp)
atendimento@crtes.gov.br

Cobrança/Dívida Ativa: (27) 99867-5197 | regularize@crtes.gov.br

Funcionamento:
Segunda a sexta-feira de 8h às 17h

Generic selectors
Exact matches only
Buscar em títulos
Buscar no conteúdo
Post Type Selectors
Buscar em posts
Buscar em páginas

CFT aprimora Plano Nacional de Fiscalização Integrada

  • 28 de fevereiro de 2024

Normativa aprovada pelo Plenário do Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT) modifica a resolução nº 190/2022 para aperfeiçoar as diretrizes de planejamento e execução da fiscalização do exercício profissional, com acréscimos como a previsão de ações institucionais.

O Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT) atualizou o Plano Nacional de Fiscalização Integrada (PNFI) 2023-2027. As mudanças, que estão na Resolução nº 256/2024, publicada no dia 9 de fevereiro no Diário Oficial da União (DOU), visam aprimorar o documento que especifica as diretrizes do planejamento e execução da fiscalização do exercício profissional, e incluem avanços como as ações de fiscalização institucional em acréscimo às ações educativa, preventiva, corretiva e punitiva.

Segundo o diretor de Fiscalização e Normas do CFT, Bernardino José Gomes, ações institucionais têm por objetivo promover e dar visibilidade às atividades técnicas industriais junto às entidades públicas e privadas, bem como fortalecer, dialogar e favorecer a compreensão do papel do CFT perante a sociedade.

A resolução também prevê a intensificação de ações de fiscalização do exercício profissional em áreas identificadas como prioritárias, que incluem estabelecimentos como hospitais, hipermercados, centros comerciais e postos de combustíveis. O presidente do CFT, Solomar Rockembach, sublinha que estes e demais aprimoramentos presentes na normativa visam contribuir para promover a proteção da sociedade, que é meta prioritária da gestão 2022/2026.

Indicadores e capacitação

O acréscimo de indicadores para subsidiar a supervisão e avaliação das ações fiscalizatórias é outra melhoria promovida pela normativa. Entre esses novos indicadores estão números relativos às multas e autos de infração lavrados e à porcentagem de defesas e/ou recursos apresentados nos processos da fiscalização. As alterações cumprem determinações do Acórdão 453/2023 do Tribunal de Contas da União (TCU).

Bernardino destaca também que, com a nova redação, a Resolução nº 190/2022 passa a prever a realização de encontros regionais e nacional para disseminar boas práticas entre os CRTs, assim como contar com regras mais claras sobre as vistorias anuais para verificação de conformidade. A normativa prevê, por exemplo, a realização de visitas periódicas em regionais que não atingiram as metas estabelecidas.

Plenária

A aprovação da Resolução nº 256/2024 foi um dos destaques da primeira reunião deliberativa do colegiado máximo do Conselho Federal dos Técnicos Industriais, realizada nos dias 24 e 25 de janeiro. Na mesma sessão também foram aprovadas três resoluções que instituem o TRT-Solidário e o desmembramento do CRT-01. Foi aprovada ainda a Resolução nº 253/2024, que também diz respeito à fiscalização do exercício profissional.

Últimas notícias

CRT-ES recebe técnico que participou da definição do limite dos 800 kVA

Na tarde desta quarta-feira (10), o Presidente do CRT-ES, Valmir Xavier Martins, recebeu em seu gabinete o Técnico em Eletrotécnica, Luiz Carlos Oliveira, profissional que…
Ler mais...

CRT-ES impugna edital público da CESAN e abre oportunidades para os técnicos

Cumprindo seu papel de órgão fiscalizador, o CRT-ES, por meio da procuradoria, impugnou mais dois editais públicos. Cada edital impugnado contribui não somente com o…
Ler mais...

Equipe de Fiscalização participa do II ENFISC – Encontro Regional da Fiscalização, em São Paulo

Durante os dias 3 a 5 de julho, a equipe de fiscalização do CRT-ES participou do II ENFISC - Encontro Regional da Fiscalização, em São…
Ler mais...

CFT aprimora Plano Nacional de Fiscalização Integrada

  • 28 de fevereiro de 2024

Normativa aprovada pelo Plenário do Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT) modifica a resolução nº 190/2022 para aperfeiçoar as diretrizes de planejamento e execução da fiscalização do exercício profissional, com acréscimos como a previsão de ações institucionais.

O Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT) atualizou o Plano Nacional de Fiscalização Integrada (PNFI) 2023-2027. As mudanças, que estão na Resolução nº 256/2024, publicada no dia 9 de fevereiro no Diário Oficial da União (DOU), visam aprimorar o documento que especifica as diretrizes do planejamento e execução da fiscalização do exercício profissional, e incluem avanços como as ações de fiscalização institucional em acréscimo às ações educativa, preventiva, corretiva e punitiva.

Segundo o diretor de Fiscalização e Normas do CFT, Bernardino José Gomes, ações institucionais têm por objetivo promover e dar visibilidade às atividades técnicas industriais junto às entidades públicas e privadas, bem como fortalecer, dialogar e favorecer a compreensão do papel do CFT perante a sociedade.

A resolução também prevê a intensificação de ações de fiscalização do exercício profissional em áreas identificadas como prioritárias, que incluem estabelecimentos como hospitais, hipermercados, centros comerciais e postos de combustíveis. O presidente do CFT, Solomar Rockembach, sublinha que estes e demais aprimoramentos presentes na normativa visam contribuir para promover a proteção da sociedade, que é meta prioritária da gestão 2022/2026.

Indicadores e capacitação

O acréscimo de indicadores para subsidiar a supervisão e avaliação das ações fiscalizatórias é outra melhoria promovida pela normativa. Entre esses novos indicadores estão números relativos às multas e autos de infração lavrados e à porcentagem de defesas e/ou recursos apresentados nos processos da fiscalização. As alterações cumprem determinações do Acórdão 453/2023 do Tribunal de Contas da União (TCU).

Bernardino destaca também que, com a nova redação, a Resolução nº 190/2022 passa a prever a realização de encontros regionais e nacional para disseminar boas práticas entre os CRTs, assim como contar com regras mais claras sobre as vistorias anuais para verificação de conformidade. A normativa prevê, por exemplo, a realização de visitas periódicas em regionais que não atingiram as metas estabelecidas.

Plenária

A aprovação da Resolução nº 256/2024 foi um dos destaques da primeira reunião deliberativa do colegiado máximo do Conselho Federal dos Técnicos Industriais, realizada nos dias 24 e 25 de janeiro. Na mesma sessão também foram aprovadas três resoluções que instituem o TRT-Solidário e o desmembramento do CRT-01. Foi aprovada ainda a Resolução nº 253/2024, que também diz respeito à fiscalização do exercício profissional.

Pular para o conteúdo