Av. Nossa Srª dos Navegantes, Edifício Palácio do Café, 675, Sala 701, Enseada do Suá, Vitória - ES, CEP 29.050-912

Central de Atendimento

(27) 3100-2019 | 27 3014-8008
(27) 9 9933-7517 (somente ligação)
(27) 9 9698-9329 (somente WhatsApp)
atendimento@crtes.gov.br

Cobrança/Dívida Ativa: (27) 99867-5197 | regularize@crtes.gov.br

Funcionamento:
Segunda a sexta-feira de 8h às 17h

Generic selectors
Exact matches only
Buscar em títulos
Buscar no conteúdo
Post Type Selectors
Buscar em posts
Buscar em páginas

Equipe de Fiscalização participa do II ENFISC – Encontro Regional da Fiscalização, em São Paulo

  • 5 de julho de 2024

Durante os dias 3 a 5 de julho, a equipe de fiscalização do CRT-ES participou do II ENFISC – Encontro Regional da Fiscalização, em São Paulo, promovido pelo CRT-SP.

Com o objetivo de compartilhar conhecimentos e dados da fiscalização do Espírito Santo, estiveram presentes o Diretor de Fiscalização e Normas do CRT-ES, Jefferson Luiz Cariati, os conselheiros e membros da Comissão de Fiscalização e Registro do CRT-ES, Jeferson Fabrete, João Carlos Cruz e Rogilberto Silva, e os funcionários, Marcelo Duarte (Gerente de Fiscalização), Alexandre Bittencourt (Agente de Fiscalização), Flávio Pereira (Agente de Fiscalização), Sérgio Honorato (Agente de Fiscalização) e Robson Mates (Técnico de Serviços Operacionais).

Durante o evento, o Diretor Jefferson e a equipe, apontaram características geográficas da região capixaba, os números das diligências, e a divisão do estado – em dez rotas de fiscalização –, com dois fiscais por rota, com o intuito de abranger todas as áreas. Atualmente, a equipe de fiscalização já visitou e fiscalizou ao todo 74 municípios de 78, o que corresponde a 94,87% do estado do Espírito Santo. Além disso, já encaminharam 53 notícias crimes à Polícia Federal.

Participando do evento, também estiveram presentes o Presidente do CRT-ES, Valmir Xavier Martins e o Diretor Financeiro, Hector Scarpati. O presidente Valmir, junto do presidente do CRT-SP, Gilberto Takao Sakamoto, entregaram uma lembrança do evento palestrante Marcelo Vieira Salles, Coronel e ex-comandante do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar do Estado de São Paulo (PMSP).

Na palestra, o Coronel procurou dirimir dúvidas quanto à segurança e integridade física do fiscal em diligências externas, e propôs a criação de um comitê interagências para a cidade de São Paulo, com a participação do CRT-SP, juntamente com a Polícia Civil, Militar e Federal; o Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (INMETRO), e o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT). “É importante também contarmos com o conselho, mesmo sem uma atuação direta”, expõe, considerando o conhecimento da legislação trabalhista inerente aos órgãos de fiscalização profissional.

Mestre e doutor em ciências policiais de segurança e ordem pública, ele reafirma que a Polícia Militar “não dorme” e está presente nos 645 municípios do estado. “Caso o fiscal se sentir ameaçado na atividade de campo, ele deve entrar em contato com as autoridades policiais para garantia de sua própria segurança”, alerta, acrescentando que toda ocorrência é passível de investigação. “Vocês, como servidores públicos, são representações físicas”, finaliza.

O evento contou com palestras, exposição de boas práticas de fiscalização, apresentação de projeto de incentivo a cursos técnicos e visita ao Theatro Municipal de São Paulo. O diretor de fiscalização e normas do Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT), Bernardino José Gomes, apresentou um cronograma da fiscalização abrangendo todo o Sistema CFT/CRTs, com base no Plano Nacional de Fiscalização Integrada (PNFI) e no Acórdão TCU nº 453/2023.

Últimas notícias

CRT-ES recebe técnico que participou da definição do limite dos 800 kVA

Na tarde desta quarta-feira (10), o Presidente do CRT-ES, Valmir Xavier Martins, recebeu em seu gabinete o Técnico em Eletrotécnica, Luiz Carlos Oliveira, profissional que…
Ler mais...

CRT-ES impugna edital público da CESAN e abre oportunidades para os técnicos

Cumprindo seu papel de órgão fiscalizador, o CRT-ES, por meio da procuradoria, impugnou mais dois editais públicos. Cada edital impugnado contribui não somente com o…
Ler mais...

Dois concursados tomam posse no CRT-ES

Nesta quarta-feira (3), dois concursados tomaram posse no Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Espírito Santo por meio do concurso público do CRT-ES (Edital nº…
Ler mais...

Equipe de Fiscalização participa do II ENFISC – Encontro Regional da Fiscalização, em São Paulo

  • 5 de julho de 2024

Durante os dias 3 a 5 de julho, a equipe de fiscalização do CRT-ES participou do II ENFISC – Encontro Regional da Fiscalização, em São Paulo, promovido pelo CRT-SP.

Com o objetivo de compartilhar conhecimentos e dados da fiscalização do Espírito Santo, estiveram presentes o Diretor de Fiscalização e Normas do CRT-ES, Jefferson Luiz Cariati, os conselheiros e membros da Comissão de Fiscalização e Registro do CRT-ES, Jeferson Fabrete, João Carlos Cruz e Rogilberto Silva, e os funcionários, Marcelo Duarte (Gerente de Fiscalização), Alexandre Bittencourt (Agente de Fiscalização), Flávio Pereira (Agente de Fiscalização), Sérgio Honorato (Agente de Fiscalização) e Robson Mates (Técnico de Serviços Operacionais).

Durante o evento, o Diretor Jefferson e a equipe, apontaram características geográficas da região capixaba, os números das diligências, e a divisão do estado – em dez rotas de fiscalização –, com dois fiscais por rota, com o intuito de abranger todas as áreas. Atualmente, a equipe de fiscalização já visitou e fiscalizou ao todo 74 municípios de 78, o que corresponde a 94,87% do estado do Espírito Santo. Além disso, já encaminharam 53 notícias crimes à Polícia Federal.

Participando do evento, também estiveram presentes o Presidente do CRT-ES, Valmir Xavier Martins e o Diretor Financeiro, Hector Scarpati. O presidente Valmir, junto do presidente do CRT-SP, Gilberto Takao Sakamoto, entregaram uma lembrança do evento palestrante Marcelo Vieira Salles, Coronel e ex-comandante do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar do Estado de São Paulo (PMSP).

Na palestra, o Coronel procurou dirimir dúvidas quanto à segurança e integridade física do fiscal em diligências externas, e propôs a criação de um comitê interagências para a cidade de São Paulo, com a participação do CRT-SP, juntamente com a Polícia Civil, Militar e Federal; o Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (INMETRO), e o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT). “É importante também contarmos com o conselho, mesmo sem uma atuação direta”, expõe, considerando o conhecimento da legislação trabalhista inerente aos órgãos de fiscalização profissional.

Mestre e doutor em ciências policiais de segurança e ordem pública, ele reafirma que a Polícia Militar “não dorme” e está presente nos 645 municípios do estado. “Caso o fiscal se sentir ameaçado na atividade de campo, ele deve entrar em contato com as autoridades policiais para garantia de sua própria segurança”, alerta, acrescentando que toda ocorrência é passível de investigação. “Vocês, como servidores públicos, são representações físicas”, finaliza.

O evento contou com palestras, exposição de boas práticas de fiscalização, apresentação de projeto de incentivo a cursos técnicos e visita ao Theatro Municipal de São Paulo. O diretor de fiscalização e normas do Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT), Bernardino José Gomes, apresentou um cronograma da fiscalização abrangendo todo o Sistema CFT/CRTs, com base no Plano Nacional de Fiscalização Integrada (PNFI) e no Acórdão TCU nº 453/2023.

Pular para o conteúdo