Av. Nossa Srª dos Navegantes, Edifício Palácio do Café, 675, Sala 701, Enseada do Suá, Vitória - ES, CEP 29.050-912

Central de Atendimento

(27) 3100-2019 | 27 3014-8008
(27) 9 9933-7517 (somente ligação)
(27) 9 9698-9329 (somente WhatsApp)
atendimento@crtes.gov.br

Cobrança/Dívida Ativa: (27) 99867-5197 | regularize@crtes.gov.br

Funcionamento:
Segunda a sexta-feira de 8h às 17h

Generic selectors
Exact matches only
Buscar em títulos
Buscar no conteúdo
Post Type Selectors
Buscar em posts
Buscar em páginas

Representantes do CFT debatem adaptação do Sistema de Gestão Fundiária do Incra à Lei 13.639/2018

  • 9 de novembro de 2018

O vice-presidente do Conselho Federal de Técnicos Industrias (CFT), José Carlos Coutinho e o procurador-geral do CFT, Antenor Júnior, se reuniram nesta quarta-feira (7), com Miguel Pedro da Silva Neto, coordenador geral de Cartografia, e o técnico Ramon Araújo, ambos do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária- Incra. Trataram, na reunião, sobre as alterações no sistema normativo do instituto para adaptação à Lei 13.639/18 e às Resoluções do conjunto CFT/CRT.

Entre outras questões, foi debatido como adaptar o Sistema de Gestão Fundiária – SIGEF, controlado pelo Incra, para inclusão do campo específico para o Termo de Responsabilidade Técnica – TRT. Nesse sentido, o conjunto CFT/CRT vai enviar ofício ao presidente do Incra, o engenheiro agrônomo Leonardo Góes Silva, com parecer jurídico do procurador-geral, Antenor Júnior, contendo justificativa sobre as alterações nos atos normativos do Incra e a inclusão do campo do TRT, no SIGEF.

Segundo Coutinho e Antenor, as “alterações são necessárias para que o exercício profissional do técnico esteja refletido nas regulamentações internas do Incra, com a pertinência à legislação em vigor”, asseveraram. Segundo informações do coordenador geral de Cartografia do Incra, os técnicos são responsáveis por mais de 30% das certificações de imóveis rurais no Brasil. Daí advém a importância do trabalho desses profissionais. Isto é, o trabalho dos técnicos “tem alto relevo” para o agronegócio brasileiro, lembrou Coutinho.

Regulamentação dos técnicos

A Lei 13.639 criou o Conselho Federal e os regionais dos técnicos industriais, cuja sanção ocorreu no dia 26 de março de 2018, com a publicação da nova norma legal dos técnicos no Diário Oficial da União (DOU), em 27 de março.

Este novo regramento legal representa não somente mais uma conquista histórica dos técnicos, mas principalmente a concretização de ciclo político e início de nova época, com mais segurança para a sociedade e valorização profissional para milhões de técnicos, devidamente reconhecidos como profissionais imprescindíveis para o desenvolvimento do País.

Últimas notícias

CRT-ES recebe técnico que participou da definição do limite dos 800 kVA

Na tarde desta quarta-feira (10), o Presidente do CRT-ES, Valmir Xavier Martins, recebeu em seu gabinete o Técnico em Eletrotécnica, Luiz Carlos Oliveira, profissional que…
Ler mais...

CRT-ES impugna edital público da CESAN e abre oportunidades para os técnicos

Cumprindo seu papel de órgão fiscalizador, o CRT-ES, por meio da procuradoria, impugnou mais dois editais públicos. Cada edital impugnado contribui não somente com o…
Ler mais...

Equipe de Fiscalização participa do II ENFISC – Encontro Regional da Fiscalização, em São Paulo

Durante os dias 3 a 5 de julho, a equipe de fiscalização do CRT-ES participou do II ENFISC - Encontro Regional da Fiscalização, em São…
Ler mais...

Representantes do CFT debatem adaptação do Sistema de Gestão Fundiária do Incra à Lei 13.639/2018

  • 9 de novembro de 2018

O vice-presidente do Conselho Federal de Técnicos Industrias (CFT), José Carlos Coutinho e o procurador-geral do CFT, Antenor Júnior, se reuniram nesta quarta-feira (7), com Miguel Pedro da Silva Neto, coordenador geral de Cartografia, e o técnico Ramon Araújo, ambos do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária- Incra. Trataram, na reunião, sobre as alterações no sistema normativo do instituto para adaptação à Lei 13.639/18 e às Resoluções do conjunto CFT/CRT.

Entre outras questões, foi debatido como adaptar o Sistema de Gestão Fundiária – SIGEF, controlado pelo Incra, para inclusão do campo específico para o Termo de Responsabilidade Técnica – TRT. Nesse sentido, o conjunto CFT/CRT vai enviar ofício ao presidente do Incra, o engenheiro agrônomo Leonardo Góes Silva, com parecer jurídico do procurador-geral, Antenor Júnior, contendo justificativa sobre as alterações nos atos normativos do Incra e a inclusão do campo do TRT, no SIGEF.

Segundo Coutinho e Antenor, as “alterações são necessárias para que o exercício profissional do técnico esteja refletido nas regulamentações internas do Incra, com a pertinência à legislação em vigor”, asseveraram. Segundo informações do coordenador geral de Cartografia do Incra, os técnicos são responsáveis por mais de 30% das certificações de imóveis rurais no Brasil. Daí advém a importância do trabalho desses profissionais. Isto é, o trabalho dos técnicos “tem alto relevo” para o agronegócio brasileiro, lembrou Coutinho.

Regulamentação dos técnicos

A Lei 13.639 criou o Conselho Federal e os regionais dos técnicos industriais, cuja sanção ocorreu no dia 26 de março de 2018, com a publicação da nova norma legal dos técnicos no Diário Oficial da União (DOU), em 27 de março.

Este novo regramento legal representa não somente mais uma conquista histórica dos técnicos, mas principalmente a concretização de ciclo político e início de nova época, com mais segurança para a sociedade e valorização profissional para milhões de técnicos, devidamente reconhecidos como profissionais imprescindíveis para o desenvolvimento do País.

Pular para o conteúdo