Av. Nossa Srª dos Navegantes, Edifício Palácio do Café, 675, Sala 701, Enseada do Suá, Vitória - ES, CEP 29.050-912

Central de Atendimento

(27) 3100-2019 | 27 3014-8008
(27) 9 9933-7517 (somente ligação)
(27) 9 9698-9329 (somente WhatsApp)
atendimento@crtes.gov.br

Cobrança/Dívida Ativa: (27) 99867-5197 | regularize@crtes.gov.br

Funcionamento:
Segunda a sexta-feira de 8h às 17h

Generic selectors
Exact matches only
Buscar em títulos
Buscar no conteúdo
Post Type Selectors
Buscar em posts
Buscar em páginas

Senai-ES abre programa de capacitação para trabalhadores da indústria e desempregados

  • 9 de abril de 2021

Para promover a geração de emprego e o incremento da produtividade, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai ES) vai oferecer mais 5 mil vagas de cursos gratuitos para o segmento industrial. O objetivo é qualificar os profissionais desempregados, para que possam voltar ao mercado de trabalho, e requalificar os atuais trabalhadores da indústria.

Em parceria com o Senai ES e o Ministério da Economia, a iniciativa faz parte do Programa Emprega Mais, que aposta na qualificação e inserção profissional conectadas às demandas do setor produtivo, e na difusão da tecnologia e do conhecimento para a esfera pública, iniciativa privada e trabalhadores.

Como funciona?

A proposta é alinhar as necessidades das empresas do segmento industrial por profissionais qualificados com oportunidades de qualificação e intermediação de mão de obra e trabalhadores em geral.

No Espírito Santo, será oferecido a modalidade de Voucher Empresarial, uma ferramenta de oferta de cursos, com base nas demandas das empresas, para atender as necessidades do setor produtivo por aperfeiçoamento e qualificação profissional dos trabalhadores, com foco na geração de empregos e aumento da produtividade.

Como o voucher será aplicado?

Os vouchers serão oferecidos às empresas da indústria interessadas e transformados em cursos gratuitos voltados para desempregados e empregados, que deverá ser utilizado no prazo de até 72 horas. Para isso, serão distribuídos em duas modalidades: “Voucher Novo Emprego” e “Voucher Requalifica”.

O “Voucher Novo Emprego” tem foco no aumento da empregabilidade dos desempregados. Os cursos são direcionados à qualificação profissional de trabalhadores que estão em busca de colocação no mercado de trabalho. Para isso, o profissional recebe 40 horas de preparação para inserção no trabalho e curso de qualificação presencial com cerca de 200 horas.

Já o “Voucher Requalifica” reforça o incremento de produtividade de profissionais empregados. A busca é pela requalificação profissional e o aperfeiçoamento das habilidades da força de trabalho das empresas beneficiárias. O trabalhador recebe 40 horas de treinamentos em habilidades socioemocionais, conhecido como soft skills, e curso de aperfeiçoamento no modelo semi-presencial, com cerca de 80 horas.

Quem pode participar?

As empresas industriais de todos portes podem participar. As micros (com até 19 funcionários), pequenas (com até 99 funcionários) e médias empresas (com até 499 funcionários) podem aderir as duas modalidades do Programa, “Voucher Requalifica” e “Voucher Novo Emprego”, indicando funcionários para requalificação ou qualificando novos profissionais. Já as grandes empresas (com mais de 500 funcionários) podem aderir apenas à modalidade “Voucher Novo Emprego”.

Vale ressaltar que cada empresa industrial tem um limite de quantidade de voucher por ano, que varia conforme o seu porte e a disponibilidade de vagas do Senai ES, sendo 20% de vouchers para micro e pequena, 10% de vouchers para média empresa e 5% de vouchers para grande empresa.

O que fazer para participar?

O gestor da indústria deve cadastrar a empresa na plataforma Loja Mundo Senai no endereço loja.mundosenai.com.br. Em seguida, deve gerenciar os cursos que interessam à empresa e indicar os trabalhadores – empregados e desempregados – que receberão os vouchers para participação nos cursos.

Se os cursos que interessam à empresa não estão listados entre as opções, o funcionário responsável poderá indicar quais cursos a empresa gostaria que fossem ofertados.

Por sua vez, se a empresa disponibilizar a vaga na Modalidade Novo Emprego, o desempregado vai acessar a plataforma Loja Mundo Senai, fazer o cadastro pessoal, ativar o voucher em até 72 horas, realizar a matrícula no curso disponibilizado pela empresa. O interessado, na assinatura do termo de aceite, precisará declarar que não possui vínculo empregatício.

Se a empresa optar por indicar o desempregado, este receberá todas as informações por e-mail.

Mais informações no endereço: senaies.com.br/news/programaempregamais

Fonte: Jornal Folha Vitória

Últimas notícias

CRT-ES recebe Equipe de Fiscalização do CFT para o Acompanhamento e Supervisão de Conformidade nas Atividades de Fiscalização do CRT-ES

Nesta semana (14 a 17 de maio) aconteceu o Acompanhamento e Supervisão de Conformidade nas Atividades de Fiscalização do CRT-ES realizado pela equipe de Fiscalização…
Ler mais...

Encontro de Diretorias Administrativas do Sistema CFT/CRTs ocorre em Brasília

O compartilhamento de conhecimento é o principal destaque do Encontro de Diretorias Administrativas do Sistema CFT/CRTs. A reunião, que iniciou quinta-feira (16) na sede do…
Ler mais...

Fórum de Presidentes destaca Solidariedade

Presidentes dos Conselhos Regionais dos Técnicos Industriais que integram o Sistema CFT/CRTs estão reunidos em Brasília (DF) nesta terça-feira (14/05). Foram discutidos, além da questão…
Ler mais...

Senai-ES abre programa de capacitação para trabalhadores da indústria e desempregados

  • 9 de abril de 2021

Para promover a geração de emprego e o incremento da produtividade, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai ES) vai oferecer mais 5 mil vagas de cursos gratuitos para o segmento industrial. O objetivo é qualificar os profissionais desempregados, para que possam voltar ao mercado de trabalho, e requalificar os atuais trabalhadores da indústria.

Em parceria com o Senai ES e o Ministério da Economia, a iniciativa faz parte do Programa Emprega Mais, que aposta na qualificação e inserção profissional conectadas às demandas do setor produtivo, e na difusão da tecnologia e do conhecimento para a esfera pública, iniciativa privada e trabalhadores.

Como funciona?

A proposta é alinhar as necessidades das empresas do segmento industrial por profissionais qualificados com oportunidades de qualificação e intermediação de mão de obra e trabalhadores em geral.

No Espírito Santo, será oferecido a modalidade de Voucher Empresarial, uma ferramenta de oferta de cursos, com base nas demandas das empresas, para atender as necessidades do setor produtivo por aperfeiçoamento e qualificação profissional dos trabalhadores, com foco na geração de empregos e aumento da produtividade.

Como o voucher será aplicado?

Os vouchers serão oferecidos às empresas da indústria interessadas e transformados em cursos gratuitos voltados para desempregados e empregados, que deverá ser utilizado no prazo de até 72 horas. Para isso, serão distribuídos em duas modalidades: “Voucher Novo Emprego” e “Voucher Requalifica”.

O “Voucher Novo Emprego” tem foco no aumento da empregabilidade dos desempregados. Os cursos são direcionados à qualificação profissional de trabalhadores que estão em busca de colocação no mercado de trabalho. Para isso, o profissional recebe 40 horas de preparação para inserção no trabalho e curso de qualificação presencial com cerca de 200 horas.

Já o “Voucher Requalifica” reforça o incremento de produtividade de profissionais empregados. A busca é pela requalificação profissional e o aperfeiçoamento das habilidades da força de trabalho das empresas beneficiárias. O trabalhador recebe 40 horas de treinamentos em habilidades socioemocionais, conhecido como soft skills, e curso de aperfeiçoamento no modelo semi-presencial, com cerca de 80 horas.

Quem pode participar?

As empresas industriais de todos portes podem participar. As micros (com até 19 funcionários), pequenas (com até 99 funcionários) e médias empresas (com até 499 funcionários) podem aderir as duas modalidades do Programa, “Voucher Requalifica” e “Voucher Novo Emprego”, indicando funcionários para requalificação ou qualificando novos profissionais. Já as grandes empresas (com mais de 500 funcionários) podem aderir apenas à modalidade “Voucher Novo Emprego”.

Vale ressaltar que cada empresa industrial tem um limite de quantidade de voucher por ano, que varia conforme o seu porte e a disponibilidade de vagas do Senai ES, sendo 20% de vouchers para micro e pequena, 10% de vouchers para média empresa e 5% de vouchers para grande empresa.

O que fazer para participar?

O gestor da indústria deve cadastrar a empresa na plataforma Loja Mundo Senai no endereço loja.mundosenai.com.br. Em seguida, deve gerenciar os cursos que interessam à empresa e indicar os trabalhadores – empregados e desempregados – que receberão os vouchers para participação nos cursos.

Se os cursos que interessam à empresa não estão listados entre as opções, o funcionário responsável poderá indicar quais cursos a empresa gostaria que fossem ofertados.

Por sua vez, se a empresa disponibilizar a vaga na Modalidade Novo Emprego, o desempregado vai acessar a plataforma Loja Mundo Senai, fazer o cadastro pessoal, ativar o voucher em até 72 horas, realizar a matrícula no curso disponibilizado pela empresa. O interessado, na assinatura do termo de aceite, precisará declarar que não possui vínculo empregatício.

Se a empresa optar por indicar o desempregado, este receberá todas as informações por e-mail.

Mais informações no endereço: senaies.com.br/news/programaempregamais

Fonte: Jornal Folha Vitória

Pular para o conteúdo